Réveillon em Zurique

Réveillon em Zurique 2020

Conforme prometido antes, contei sobre os réveillons que passamos em Buenos Aires e em Viena e faltou contar sobre nosso Réveillon em Zurique (Zürich em alemão), a maior cidade da Suíça. Sempre sonhei em passar essa data em um lugar com muita neve, daqueles típicos cenários de filmes românticos. Dessa forma, pensamos em aproveitar para conhecer um pouco desse belíssimo país que faz fronteira com outros que já havíamos visitado: Áustria, Alemanha, França e Itália. 

Como é celebrado o Réveillon em Zurique? 

Assim como vimos em Buenos Aires e em alguns lugares do Brasil, restaurantes e hotéis oferecem eventos com ceias especiais para a virada do ano. Todos mediante reserva antecipada. Mas, a “Silvesterzauber”, grande festa tradicional do réveillon em Zurique, acontece no principal lago da cidade, às margens do Rio Limmat. A cidade recebe cerca de 100 mil pessoas todos os anos para o réveillon, que é considerado o mais importante da Suíça. 

Nas ruas ao longo do Lago Zürich encontramos vários quiosques, food trucks, bares, palcos com shows e espaços com DJs garantindo a animação da galera. Além disso, as bebidas quentes e típicas dessa época ajudaram a nos aquecer no frio que estava intenso. A estrutura é montada durante o dia e a festa começa depois das 20h.

Shows e food trucks no réveillon em Zurique

A tradição que faz a diferença no réveillon em Zurique

Uma tradição que chama a atenção é o fato de que em Zurique a queima de fogos ocorre às 00h20. Isso mesmo, não é como na maioria dos lugares que ocorre exatamente na virada do ano, à meia-noite. De fato parece estranho, mas acabamos entendendo essa tradição.

Segundo as explicações que encontrei em diversos sites, o show de fogos acontece com esse “atraso” porque os suíços preferem passar a virada de ano em casa, com seus familiares e amigos. Assim, quem tiver interesse em assistir à festa oficial, pode celebrar em casa primeiro e depois correr para o lago e continuar a festejar a chegada do novo ano com a queima de fogos. Se quiser mais informações, veja a programação no site oficial.

Nossa Experiencia

Havíamos passado o dia em Uetliberg, uma montanha maravilhosa (contarei sobre ela em outro momento), por isso resolvemos descansar um pouco antes de sair. Chegamos à festa por volta das 23h e estava bem movimentado. Havia muitas opções de comidas e bebidas, gostamos especialmente do roterglühwein e weisserglühwein, bebidas quentes feitas com vinho tinto e branco, respectivamente. Além do vinho elas levam canela, laranja e outros ingredientes que as tornam próprias para consumo no inverno. São parecidas com a bebida que experimentamos em Viena. Além disso, lembram um pouco nosso quentão, típicos das festas juninas brasileiras.

Poucos minutos antes da meia-noite os sinos da igreja começaram a badalar. Faltando 10 segundos para às 00h iniciou a contagem regressiva e todos celebramos. Uma energia incrível naquele lugar! Em seguida as luzes da cidade foram apagadas e fez-se um enorme silêncio, que durou até o início do show de fogos – pontualmente às 00h20 como manda a tradição suíça. Nós comemoramos a virada do ano bem à margem do rio Limmat e depois subimos para assistirmos à queima de fogos na ponte Quaibrücke. O espetáculo durou uns 18 minutos. Estávamos em meio a milhares de pessoas, todos celebrando felizes a chegada de 2020. Naquele momento, nem em nossos piores pesadelos, imaginávamos o que estava por vir.

Réveillon em Zurique, celebrando a chegada de 2020

Outra coisa que chamou minha atenção foi que logo após o show de fogos, a grande maioria das pessoas foi embora, apesar de a festa ter se estendido até a madrugada. Nós ficamos até às 2h, dançamos e nos divertimos bastante, mas o frio e o cansaço não permitiu que ficássemos mais. O transporte público já havia voltado a funcionar e quando estávamos indo para o ponto de ônibus nos surpreendemos com a limpeza das ruas, vimos trabalhadores com máquinas e ficamos impressionados com a organização. 

Sobre Zurique

E assim foi nosso réveillon em Zurique, a cidade é belíssima e encantadora. Não posso negar que achei tudo bem cara, mas vale a pena conhecer, falarei detalhes e valores posteriormente. Importante lembrar que nessa época do ano faz muito frio, então se você pretende conhecer a cidade no inverno, leve agasalhos apropriados. 

Ah! Lembra que eu sonhava em passar esse o réveillon num lugar com neve? Então, continuo sonhando, pois não nevou em nenhum dos cinco dias que ficamos em Zurique. Apesar disso, na noite do réveillon a sensação térmica era de -5ºC e, pelo que soube, costuma ser ainda mais fria, portanto: Agasalhe-se bem!

Já mencionei anteriormente, mas como o que é bom eu gosto de indicar, no blog da Elizabeth além de outros posts incríveis, nesse ela fala sobre Onde passar o Réveillon no Brasil e no mundo, se ainda não viu, corre lá!

E você, conhece ou pretende conhecer Zurique? Me conte o que achou da forma de celebrar o Ano Novo dos suíços, vou adorar saber sua opinião! 

Bjux e até a próxima!

8 thoughts on “Réveillon em Zurique

  1. A Suíça é muito linda né, só conheço por fotos. Tenho vontade de saber sobre a Cultura deles. Escreve um post sobre isso. Ótimo post, privilégio passar reveion em outros países conhecendo outras culturas. Beijos

    1. Oi Vanessa, realmente fiquei encantada com a beleza e organização em Zurique, além disso o sistema de transporte deles é excelente. Você vai amar conhecer! Pode deixar que vou escrever mais sobre nossa experiência lá! Obrigada pelo apoio! 🥰😘

  2. Adorei as dicas! Passei um réveillon em Genève em 2009 e achei muito diferente. Lá não tinha gente nas ruas (estava muito frio!), mas fomos em um restaurante e o povo era super animado! A Suíça é um país lindo demais!

    1. Olá! Que interessante Luiz, deve ter sido uma ótima experiência também. Só conheci Zürich e foi suficiente para me apaixonar pelo país, espero voltar e conhecer mais lugares por lá. 😉🤗

  3. Incrível! Adorei e não vejo a hora de poder aglomerar de novo pelo mundo nessa época tão especial que é o Réveillon.
    Um super beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *