O que fazer em Burgos?

Burgos é uma pequena cidade da comunidade autónoma de Castilla y León na Espanha e fica há 244 Km de Madrid. Também conhecida por fazer parte de uma das rotas do Caminho de Santiago. Estamos morando aqui somente há um mês e curtindo bastante nosso novo lar, ainda na fase de descobrir os encantos da cidade. Pretendo fazer posts mais detalhados sobre alguns lugares, mas já da pra indicar alguns pontos bem legais para vocês. 

Catedral de Burgos

Principal ponto turístico da cidade, cartão postal de Burgos. A Catedral começou a ser construída em 1221, um dos primeiros monumentos da arquitetura gótica na Espanha e por isso atrai turistas de diversos países. Foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1984. Situada no coração da Burgos, no centro histórico. Tão imponente que pode ser vista de longe em diversas partes da cidade.

Catedral de Burgos

Horários e valores de visitas à Catedral: 

  • De 19 de março à 31 de outubro – 09h30 às 19h30;
  • De 01 de novembro à 18 de março – 10h às 19h.

Contudo, os acessos encerram sempre com uma hora de antecedência. Fora isso, existem horários especiais em algumas datas do ano.

Valores:

  • Entradas à catedral: Variam de 2 € à 7 €. 
  • Pulseira Turística (dá direito à entrada na Cadetral e em mais três igrejas consideradas grandes monumentos da cidade: San Esteban, San Nicolás e San Gil) : 8 €
Catedral de Burgos

Dica pra quem quer economizar: Às terças-feiras de 16h30 às 18h30 (no inverno somente até às 18h) a entrada é gratuita tanto na Catedral quanto nas demais igrejas mencionas acima.

Para maiores informações, ou mesmo compra online do bilhete de entrada à Catedral de Burgos, clique aqui.

Arco Santa María

Considerada a mais importante das 12 portas medievais da antiga muralha de Burgos, construída no séc. XIV para acesso ao rio Arlazón. Passou por uma reforma na primeira metade do séc. XVI, ganhando em sua fachada o formato de um castelo medieval decorado com estátuas de personalidades ilustres das cidades de Burgos e Castela, incluindo Charles V, Sacro Imperador Romano à quem é dedicado o Arco. Localizado no centro histórico, entre a Catedral e o Paseo Espolón, o Arco possui em seu interior salas que abrigam o Centro Cultural Histórico e Artístico e o Museo da Farmácia.

Arco Santa María em Burgos

Horários de visitas à parte interior do Arco: 

  • De terça à sábado – de 11h às 14h e de 17h às 21h
  • Domingos – de 11h às 14h
  • Não abre aos feriados e nem às segundas-feiras.

A entrada é gratuita. 

Paseo del Espolón

Localizado no centro de Burgos, entre o Arco de Santa María e o Teatro Principal. Trata-se de um calçadão rodeado por um belo jardim e que está às margens do rio Arlazón. Considerado a “sala de estar”da cidade, nele ficam quatro estátuas de reis que foram doadas pelo rei Carlos III e retiradas do Palácio Real de Madrid. Além disso, tem vários edifícios históricos à sua volta. É um lugar bem popular, durante o dia as pessoas costumam passear por ali e parar nas cafeterias para tomar um chocolate com churros enquanto apreciam a vista e durante a noite, os movimentos continuam nos bares. O que não falta é boa opção!

Paseo del Espolón en Burgos

Complexo da Evolução Humana 

O complexo é formado por três edifícios, o Museu da Evolução Humana (MEH), o Centro Nacional de Investigação da Evolução Humana (CENIEH) e o Auditório e Palácio de Congressos (Fórum da Evolução de Burgos). Este belíssimo projeto arquitetônico é obra do arquiteto e pintor Juan Navarro Baldeweg. 

Complexo da Evolução Humana em Burgos

Entre outros tesouros arqueológicos, estão no MEH os ossos do Homo antecessor, o primeiro europeu conhecido. Um espanhol, que viveu há 800 mil anos na Serra de Atapuerca, região de Burgos. O local hoje em dia é Patrimônio da Humanidade devido ao imenso valor das descobertas relacionadas aos nossos ancestrais. Do próprio museu saem excursões para a Fundação Atapuerca, onde ficam as áreas de escavações arqueológicas da Serra e o Centro de Arqueologia Experimental. 

Horários de visitas ao museu: 

  • De terça à sexta – de 10h às 14h30 e de 16h30 às 20h
  • Sábados, domingos e feriados – de 10h às 20h.
  • Às quartas-feiras pela tarde e terças-feiras e quintas-feiras de 19h às 20h a entrada é gratuita.

Valores de entrada: 

  • Valor Geral (Adultos) – 6 € 
  • Valor Reduzido (Estudantes, grupos com mais de 8 pessoas, adolescentes de 8 à 18 anos, famílias numerosas e peregrinos) – 4 €
  • Menores de 8 anos, maiores de 65, aposentados e alguns casos específicos – Entrada gratuita.

Dica pra quem quer economizar: Às quarta-feiras à tarde e às terças e quintas-feiras à partir das 19h – Entrada gratuita para todos.

É possível comprar bilhetes online pelo valor único de 6 €, o que dá direito à visita guiada e sem fila de entrada, caso haja. Clique aqui para maiores informações sobre o Museo e reserva de bilhetes.

Para informações sobre as visitas à Fundação Atapuerca, clique aqui.

Castelo de Burgos

A construção do castelo se deu praticamente com a fundação da cidade em 884 durante o reinado de Alfonso III. Por ordem do conde Diego Rodríguez Porcelo que viu a necessidade de se construir uma fortaleza militar para proteger a cidade. O local foi escolhido devido à sua posição estratégica, elevado 75m acima do nível de Burgos. O castelo passou por diversas transformações, sendo reconstruído entre os séculos XV e XVI. Ao largo da história o local foi utilizado de diversas formas: como residência da nobreza, local de celebrações da corte, prisão do Estado, fábrica de pólvoras, escola de artilheiros, alojamento de personalidades importantes e ponto de encontros diplomáticos.

Castelo de Burgos

Durante a Guerra da Independência (1808 à 1814) as tropas de Napoleão reativaram as funções militares do local. Contudo, em 1813, com o intuito de desaparecer com os materiais que pudessem ser úteis ao inimigo, explodiram o castelo. Como não houve tempo para a evacuação, mais de 200 militares franceses perderam suas vidas durante a explosão, chocando a população. 

Atualmente o local abriga o Centro de Interpretação do Castelo, com galerias subterrâneas e uma série de poços, um deles possui 70m de profundidade.  Em seu entorno tem a área de lazer, com um parque, muralhas que foram conservadas após a destruição do castelo e um mirante onde podemos contemplar toda a cidade.

Horários de visitas:

  • Espaço externo: Todos os dias de 10h às 19h.
  • Galerias subterrâneas e poços (Visitas guiadas): De quarta-feira à domingo. Às 11h, 12h, 13h, 16h30, 17h30 e 18h30. 
  • Capacidade de 15 pessoas por visita.

A entrada e as visitas guiadas são gratuitas.

Monastério de Santa María la Real de las Huelgas

Monastério feminino, situado em um bairro com estilo medieval. Fundado em 1187 pelo rei Alfonso VIII de Castela e sua esposa Leonor (princesa da Inglaterra), possui uma arquitetura belíssima. As visitas são guiadas, duram uma hora e, de preferência, devem ser agendadas com antecedência.

Monastério de Santa María la Real de las Huelgas, Burgos.

Horários de visitas ao monastério: 

  • De terça à sábado – 10h às 14h e 16h às 18h30;
  • Domingos e feriados – 10h30 às 15h.

A bilheteria e o acesso ao monastério encerram uma hora antes.

Valores de entrada:

  • Individual – 6 €, 
  • Agências de turismo – 5 € 
  • Menores de 5 anos não pagam. 

Tem outras situações em que a entrada é gratuita, algumas datas e casos especiais, clique aqui para maiores informações.

Seguros Promo

Pela cidade também encontramos várias esculturas que homenageiam algumas profissões e personagens importantes, escrevi sobre elas neste post. Assim que conhecer mais lugares em Burgos, volto aqui para compartilhar com vocês, mas já deu pra ver que é um lugar que vale à pena ser visitado né?!

Se gostou de Burgos, da uma olhada no blog da Joanna, ela sugere 22 destinos imperdíveis na Espanha, com certeza que você vai gostar.

Restaurante e cafetería Polisón ao final do Paseo del Espolón, junto ao prédio do Teatro principal

E lembre-se: se comprar chips, passagens, seguro viagem, assim como se reservar aluguéis de veículos através dos links aqui do blog, você me ajuda a manter o Ouse Viajar no ar e ainda ganha desconto.

Seguros Promo

19 thoughts on “O que fazer em Burgos?

    1. Oi Juliana, obrigada pelo carinho! Fico feliz que tenha gostado do post, tenho certeza que quando vier a Burgos, vai gostar da cidade.😘

    1. Oi Vanessa, que bom ler seu comentário. Fico muito feliz que tenha gostado. Venha sim que vai gostar bastante, aqui na Espanha tem belos lugares🥰😘

  1. Este texto sim é um post completo sobre o que fazer em Burgos. Adorei os castelos, na verdade sou louco com castelos e estes ai estão maravilhosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *