Frías, conheça a menor cidade da Espanha

Você já ouviu falar sobre a menor cidade da Espanha? Antes de me mudar para cá vi um documentário sobre os municípios mais bonitos do país e criei minha listinha de lugares para visitar quando viesse à Espanha. Entre eles estava Frías, considerada a menor cidade espanhola que fica à cerca de 330km da capital, Madrid. Na época eu nem imaginava que viríamos morar em Burgos e Frías fica à somente 82 km daqui. Porém, teve a pandemia e outras questões que não permitiram que fôssemos antes, mas finalmente agora conseguimos conhecer essa bela cidade medieval e vou te mostrar o que vimos por lá.

As encantadoras ruas da menor cidade da Espanha

Um pouco da história da menor cidade da Espanha

Frías fica sobre uma colina conhecida como “La Muela”, localizada na província de BurgosComunidade Autónoma de Castilla y León na Espanha. A foto abaixo é de um panfleto explicativo sobre a cidade e nele temos uma noção de como a cidade se localiza no alto da colina.

Foto da capa do panfleto de Frías distribuído pela prefeitura da cidade.

Apesar de ter documentos do século IX que mencionam Frías, somente no século XII o local ganhou ascensão quando o rei Alfonso VIII construiu a fortaleza no alto da rocha com o intuito de proteger e repovoar esta parte da fronteira da Velha Castela

A Fortaleza era composta pelo castelo, pela muralha, pela igreja de São Vicente e pela ponte. Dessa forma, o local virou ponto de defesa estratégico e com o tempo a população e a economia de Frías cresceram. No início do séc. XVI contavam com uma população de 6.000 habitantes. Ao passo que ainda no século XV recebeu o título de cidade por decisão do rei João II.

Estreita escada que liga duas ruas no centro de Frías

Por fim, Frías possui uma superfície de 32km2 e uma pequena população, com menos de 300 habitantes. Segundo os dados disponibilizados pelo INE (Instituto Nacional de Estadística), em janeiro de 2020 a cidade tinha exatos 247 habitantes. 

Mais do que ser a menor cidade da Espanha, Frías é considerada um dos povoados mais bonitos do país e preserva o estilo medieval. É impressionante passear por suas ruas estreitas, admirando sua arquitetura, a sensação é de que viajamos no tempo ou estamos em algum cenário de filme ou série sobre a Idade Média. 

Estreitas ruas medievais de Frías

O que ver na menor cidade da Espanha

Ponte Medieval de Frías

Essa ponte sobre o rio Ebro com uma linda arquitetura passou por várias reconstruções durante a Idade Média, contudo, ainda há controvérsias sobre sua origem. Alguns dizem que se trata de uma construção romana e outros afirmam que foi construída por Alfonso VIII com a política de repovoamento da então vila de Frías. 

Atualmente é um dos monumentos mais importantes da cidade.

Ponte Medieval da menor cidade da Espanha

Curiosidades:

🔹 A ponte mede 143m de comprimento e 345m de largura e possui 9 arcos. Sendo que os dois centrais têm forma pontiaguda enquanto os demais são meio arredondados.

🔹 A torre foi acrescentada no século XIV e servia para vigiar a passagem e cobrar o “Pontazgo” (uma espécie de pedágio da época). O valor arrecadado era utilizado para os frequentes consertos na ponte. 

🔹 Possui forma assimétrica e irregular devido aos pontos de apoio nas rochas no fundo do rio.

Admirando a beleza da Ponte Medieval de Frías

Castelo de Frías (Ou Castillo de los Duques de Frías)

Situado sobre uma enorme rocha com vistas privilegiadas do Vale de Tobalina, é considerado um dos “castelos roqueiros” mais imponentes de Castilla. 

Apesar de a origem desse castelo estar ligada às primeiras fortalezas do século X, há controvérsias quanto à data de sua construção. Mas, na maioria dos registros é dito que foi construído entre os séculos XII e XVI. 

Castelo de Frías

Seja como for, o castelo só passou a ter valor estratégico a partir de 1201 durante o reinado de Alfonso VIII. O então rei mandou reformá-lo, acrescentando novas defesas que serviram para controlar o território. Foi nessa época que construíram a muralha que cercava a menor cidade da Espanha, a mesma se inicia no castelo.

Ao longo dos séculos o local sofreu transformações e deteriorações, mas a fortaleza e, principalmente a “Torre del Homenaje”, maior torre de defesa do castelo, continuam intactos. Não se pode afirmar, mas supõem-se que a parte mais antiga do castelo seja o interior dessa torre, enquanto sua parte superior remete à segunda metade do século XV. 

Todavia, os elementos mais antigos que ainda se encontram no castelo são do século XIII, como as janelas com a parte superior arqueada e separadas por colunas em estilo românico. O restante da construção é dos séculos XV e XVI.

Algumas das janelas construídas no séc. XIII no Castelo de Frías

Porque “Castillo de los Duques de Frías”?

O nome “Castillo de los Duques de Frías” se deve ao fato de a cidade ter sido cedida à Pedro Fernandez Velasco y Solier em 1446 pela coroa Espanhola. Nesse ínterim, em 1492 foi criado o Ducado de Frías para os Velascos. 

Uma vez que atualmente o castelo pertence à prefeitura da cidade, que o restaurou e abriu para visitação, seu espaço também é utilizado para realização de eventos. Durante a visita podemos subir ao alto da torre e apreciarmos vistas incríveis da cidade, do Vale de Tobalina, do riol Ebro e dos Montes Obarenes. Por fim, ainda nessa torre fica uma pequena exposição sobre a arquitetura de Frías.

Vista do alto da Torre del Homenaje

Visitação

  • É possível comprar o ingresso na Oficina de Turismo da cidade, que fica junto à entrada do castelo.
  • Valor da entrada: 2 € / A entrada é gratuita às segundas-feiras entre 10h30 e 11h / Menores de 5 anos não pagam entrada.
  • Horário: Todos os dias, de 10h30 às 14h e de 16h às 20h.
  • Endereço: Plaza del Ayuntamiento, 1. Frías, 09211. España
  • Obs.: Não permitem a entrada de animais. Vimos algumas pessoas com seus doguinhos reclamando sobre isso.
Castelo de Frías

Se você gosta de castelos, dê uma lida nesse post: Castelo de Almodóvar del Río – Um dos Cenários de Game of Thrones. Com certeza vai te encantar.

Seguros Promo

Igreja de São Vicente

A princípio essa igreja foi associada ao castelo com importante função defensiva, até mesmo por sua localização. Fica ao lado oposto do castelo, também sobre o alto da colina, na parte rochosa. Construída no século XIII, a torre original era quadrada e tinha ameias e canhoneiras para proteção da cidade. Contudo, em 1906 a torre e parte do templo desmoronaram, com o valor da venda do pórtico ao Museu dos Claustros de Nova York reconstruíram a torre e reformaram a igreja. Quanto à arquitetura atual, pode-se dizer que é uma mescla de estilos e entre eles o que predomina é o barroco. 

Igreja de São Vicente

De fato, algumas partes resistiram ao desmoronamento. Como por exemplo esse arco que fica na lateral da igreja, junto à praça Bispo López de Mendonza.

Arco da Igreja São Vicente em Frías

Não cheguei a entrar na igreja, mas posso garantir que essa parte de Frías também é imperdível. Principalmente pelas belas vistas, tem mirantes belíssimos e para quem curte tirar fotos como eu, é o lugar ideal.

Mirantes ao redor da Igreja de São Vicente em Frías

Além disso, tem uma área em frente à igreja com parte da pulhara, um jardim enorme e ótimos lugares para curtir piqueniques e bons momentos.

Entorno da Igreja São Vicente

Centro histórico da menor cidade da Espanha

É uma verdadeira “viagem ao tempo” caminhar pelas antigas e belas ruas do centro histórico da menor cidade da Espanha. Basicamente nessa área que funciona o comércio, ali tem bares, restaurantes, lojas de souvenirs, açougues, pousadas e diversas outras lojas. Passamos momentos agradáveis ali, a cidade é calma e as pessoas gentis.

Pausa para um smoothie porque o calor estava bem intenso nesse dia

Vale a pena se perder entre as ruas que surgem no meio do nada através de uma escada ou passarela. Tudo tão bonito e bem preservado, impossível não se encantar.

Centro histórico da menor cidade da Espanha

Casas colgadas de Frías

É um conjunto de casas feitas com entramado de madeira que aproveitam o pouco espaço que há na parte alta da cidade, já que essa parte está construída em cima de um grande rochedo. De longe a impressão é que elas fazem parte do penhasco. 

Infelizmente não tenho fotos legais que mostrem a beleza dessa composição. Espero voltar lá em breve para atualizar esse post. Li que na parte sul da cidade é o local ideal para fotografar as “Casas Suspensas”.

Casas Colgadas de Frías

Tobera

Tobera é famosa por aqui devido às suas belas cachoeiras e cascatas. Mas, hoje falarei somente desse pequeno conjunto turístico, bem charmoso que fica logo na entrada de Frías. Tobera é como se fosse um bairro da menor cidade da Espanha, fica a menos de 2 km de Frías.

Uma pequena ponte medieval, a capela de Santo Cristo e o eremitério de Santa Maria de la Hoz formam esse conjunto histórico.

Conjunto histórico de Tobera

Campos de Girassóis

Além de toda a beleza dessa cidade medieval, ainda fomos agraciados com belos campos de girassóis pelo caminho. Me senti realizada, eu era louca para correr num campo desses e aproveitei para fotografar essas lindezas, acho os girassóis fascinantes. Esse campo das fotos fica bem em frente à Ponte Medieval de Frías.

Campo de girassóis em Frías

Datas especiais para visitar Frías

  • 02 e 03 de Maio: Festa da Cruz
  • Domingo mais próximo ao 24 de Junho: Festa do Capitão e de São João
  • Primeiro final de semana de Julho: Tobera a luz de velas
  • 26 de Agosto: Festa de San Vitores
  • De 16 à 19 de Setembro: As Festas de Cristo

Espero que tenha gostado e, se vier à Espanha não deixe de incluir Frías no seu roteiro. Fora esses lugares que mencionei, há outros mirantes em diversos pontos da cidade que vale a pena conferir. 

Leia também

E lembre-se: se comprar chipspassagensseguro viagem ou mesmo reservar aluguéis de veículos através dos links de parceiros aqui do blog, você me ajuda a manter o Ouse Viajar no ar e ainda pode ganhar descontos.

“A beleza do girassol vem do fato dele escolher focar-se sempre na luz!”

4 thoughts on “Frías, conheça a menor cidade da Espanha

  1. Olá,
    estava a procurar informação sobre Frías e descobri o teu Blog. Quero dar-te os parabéns pela escrita e pela forma como passas a informação.
    Sou de Portugal e todos os anos viajamos de carro pelo norte de Espanha, e já passamos várias vezes ao lado de Burgos, mas desta vez, no final de Novembro, iremos conhecer Frías e Burgos e claro, mais alguns pueblos dessa região.
    Muito Obrigado.

    1. Olá José,
      Muito obrigada pelas palavras gentis. Fico muito feliz em saber que gostou do meu texto, seu feedback foi muito importante e me deu incentivo para continuar a escrever. Desejo uma boa viagem à vocês e espero que desfrutem bastante de Frías e da região, tem pueblos lindos para visitarem por aqui. Um abraço! ☺️🤗

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *