Réveillon em Buenos Aires

Enfim chegou o tão esperado final de ano! Normalmente nessa época costumamos viajar. Dentre os lugares que passei, com certeza Copacabana é o que tem a maior festa e show de fogos. A maior parte dos réveillons da minha vida foram no Brasil. Portanto, Guarapari, Ilha Grande, Região dos Lagos, São Thomé das Letras, São Vicente de Minas, Juiz de Fora e minha cidade natal: Matias Barbosa foram os lugares que mais vivi esse momento. Dessas, indico Guarapari e Ilha Grande! As cidades do sul de Minas são fantásticas, mas sugiro visitá-las em outra época, em dezembro costuma chover muito e acaba não dando para curtir o local. Hoje falarei sobre o réveillon em Buenos Aires e quem sabe serve de incentivo para sua viagem no próximo ano?

Em 2017 Rafa e eu idealizamos passar cada réveillon num país diferente para conhecermos novas culturas e sabermos como essa data é comemorada em cada lugar. Mas, como todos sabem, 2020 tem sido um ano atípico e não poderemos sair para celebrar como gostaríamos. Afinal, nada de aglomerações por enquanto! De qualquer forma, nosso desejo será realizado, afinal será a primeira vez que passaremos essa data aqui na Espanha, porém será em casa, daí não conta né?! Que 2021 venha mais leve e abençoado e que possamos voltar viver e conviver uns com os outros sem medos e preocupações.

Sobre o Réveillon em Buenos Aires

Esse foi o primeiro réveillon que passamos em outro país. A viagem foi decidida de última hora, entretanto tivemos sorte de conseguir um pacote legal através do site da Submarino. Fomos no dia 29/12/2017, saímos do aeroporto Tom Jobim (Galeão) no Rio de Janeiro e chegamos em Buenos Aires por volta de 18h. Conto os detalhes dessa viagem em outro momento, pois o foco agora é o réveillon.

A viagem não foi planejada, por isso não chegamos a fazer reservas em nenhum restaurante ou casa de shows. Tornou-se uma tradição esses lugares oferecerem opções de ceia e apresentações de tango. Até tentamos reservar em alguns lugares no dia 30, mas já não havia vagas e nos poucos à beira do rio que conseguimos mesa disponível os preços estavam exorbitantes e não compensava. 

Onde assistir à queima de fogos

Soubemos que o local ideal para assistirmos à queima de fogos era em Puerto Madero, onde a maioria dos turistas celebram a chegada do ano. Então, seguimos essa dica e fomos conferir. Foi uma grata surpresa, super movimentado com festa ao ar livre, muita música, bebida e animação. Tivemos uma noite agradável, mas encontrar um local para comer foi meio difícil porque tudo estava lotado. 

Há algumas diferenças entre as celebrações brasileiras, por exemplo, lá não é costume usar branco. Portanto, esteja à vontade para se vestir da cor que preferir e não haverá olhares de julgamento, rs. À medida que caminhávamos à margem do rio, encontrávamos músicas de estilos variados, alguns com DJ. Além disso, havia bares improvisados vendendo bebidas, a maioria pertencia aos restaurantes locais e o preço era acessível. Dançamos e nos divertimos bastante, depois fomos à Puente de la Mujer assistir à queima de fogos que iniciou antes da meia-noite de forma meio dispersa. A partir da meia-noite os fogos começaram de forma mais sincronizada e duraram cerca de 10 minutos, nada comparado à Copacabana, bem mais simples, mas foi bonito.

A festa se estendeu toda a madrugada, mas mesmo com muito movimento, na volta para o hotel não conseguimos nenhum táxi e fizemos uma longa caminhada.

Dicas

Depois das 22h é quase impossível conseguir um táxi. Portanto, se pretende passar a virada do ano em Puerto Madero, sugiro que se hospede ali por perto.

Se quiser passar o réveillon com jantar e show de tango incluído, reserve com antecedência para não pagar valores exorbitantes. Da mesma forma, reserve antecipadamente caso opte por restaurantes em Puerto Madeiro. Assim você terá mais opções que oferecem a ceia de ano novo com espaço privilegiado para assistir à queima de fogos.

Curtindo o Réveillon em Buenos Aires – Puerto Madero

Nos próximos posts falarei sobre os réveillons que passamos em Viena, capital da Áustria e em Zurique, na Suécia. Mas, se quiser dicas e ótimas informações sobre vários outros lugares par celebrar a virada do ano, clique aqui que a Elizabeth conta em detalhes no blog dela.

Espero que tenham gostado, bjux e até a próxima!

6 thoughts on “Réveillon em Buenos Aires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *